EN | ES

 

 

Estando situados numa zona do planeta com uma radiação solar directa excelente e possuindo especificamente o local do Terra Purna um horizonte solar com bastante amplitude, utilizamos nesta fase inicial como ponto de partida para a produção de energia eléctrica, o fotovoltaico (PV). 

 

Seguimos uma abordagem off-grid (desligado da rede) pois é do interesse presente do projecto, viver em condições de auto-suficiência energética.

 

As componentes do sistema de energia são: dois módulos monocristalinos SolarWorld de 270 watts cada a 24 volts, quatro baterias Rolls de 550Ah/100h 6V, um controlador de carga solar Victron BlueSolar MPPT 75/50 e um inversor Victron de 1200 VA.

 

                                                                             

 

Os módulos PV, ligados em paralelo, são ligados directamente ao controlador de carga MPPT que por sua vez disponibiliza a energia produzida às baterias. O inversor está ligado directamente às baterias.

 

O sistema de produção/armazenamento foi estabelecido numa tensão de base de 24 volts para diminuir o problema das perdas no transporte da energia entre os sistemas de produção e o armazenamento, pois apesar do presente sistema de produção, sistema PV, estar bastante próximo do banco de baterias que acumulam a energia produzida, no futuro iremos integrar sistemas com base noutras forças, eólico e micro-hidríco, que estarão necessariamente mais afastados.

 

 

  

 

 

A acumulação de energia a 24 volts é feita ligando as quatro baterias em série e a distribuição para os principais pontos de consumo, a 40 e 80 metros, é efectuada já em corrente alternada a 230 volts / 60 Hz a partir da saída do inversor.

 

Da nossa experiência, é de referir que o controlador de carga MTTP foi uma óptima aquisição pois nota-se bastante a diferença na gestão da eficiência dos módulos PV, principalmente em dias com algumas nuvens. Isto deve-se ao algoritmo de seguimento do ponto de máxima potência dos módulos PV que estes controladores utilizam.

 

Com este parco sistema (540 watts de PV instalado e 550 Ah de baterias), conseguimos alimentar um frigorífico com arca congeladora, a iluminação, dois portáveis, pequenos electrodomésticos como a varinha mágica, um rádio, uma bomba de água SHURflo de 80 watts e à excepção dos dias muito nublados, uma máquina de lavar roupa que por vezes chega a fazer duas lavagens por dia.

 

Instalámos os dois módulos fotovoltaicos numa estrutura de uma parabólica de 3 m de diâmetro obsoleta com possibilidade de seguimento diário do sol (um grau de liberdade). Esta estrutura foi instalada no cimo de uma pedra para diminuir eventuais oclusões por árvores.

 

O sistema de seguimento solar baseado num sistema de controlo com o micro-controlador Arduino UNO, dois foto-transístores e um motor de parabólica obsoleto com transmissão de movimento linear, forma um sistema inteligente de controlo de seguimento para os módulos possibilitando um aumento significativo do seu rendimento de produção instantânea de energia eléctrica. O sistema de controlo utiliza os dois foto-transístores, localizados um de casa lado do conjunto de módulos de modo a detectar o momento de nascimento do sol, após o qual o sistema segue uma abordagem de controlo baseada em estado interno, i.e, utilizando os seus temporizadores internos dá ordem ao motor para que este proporcione um movimento dos módulos de 15º por hora. Os foto-transístores são também utilizados durante o seguimento para corrigir possíveis desvios do algoritmo de estado interno e no final do dia para saber quando retornar à posição inicial.

 

 

Com a simples folha de cálculo abaixo, podes analisar quais as necessidades energéticas da tua casa e calcular os principais parâmetros de um sistema fotovoltaico.

 

PV calculator

 

Sistema de informação geográfica PV on-line:

 

Sistema de informação geográfica e simulação PV